quinta-feira, 18 de agosto de 2011

PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE GUARAMIRANGA ADEREM A GREVE

APEOC - Sindicato Professores e Servidores
Os professores da Escola Estadual Zélia de Matos Brito, entraram em greve no último dia 9, de imediato tiveram o apoio de todos os alunos e pais, já no dia 11, os alunos saíram em passeatas pelas ruas da cidade conscientizando a população sobre a necessidade e os objetivos da greve.
O Sindicato APEOC reivindica a implantação do Piso Salarial da categoria em R$ 1.597,87. Segundo o Sindicato, o piso salarial do professor da rede estadual do Ceará de nível médio hoje é R$ 785,00. Para o Sindicato, a proposta apresentada pelo Governo não respeita professores que têm especialização, mestrado ou doutorado, o que desestimula a categoria a seguir o Magistério.
Enquanto as negociações entre a categoria e o Governo não avançam, as adesões vão aumentando, hoje a greve encontra-se em mais de 70% dos Municípios do Ceará.
O presidente do Sindicato APEOC, Anízio Melo, acusou o governador de ser “o único responsável pelo início da greve” e destacou que, ao contrário do que Cid vem afirmando, os professores não estão à procura de reajuste salarial, mas sim “da instalação da lei do piso e da readequação do plano de carreira da categoria”.

NO MUNICÍPIO DE GUARAMIRANGA
Enquanto o Governador do Estado reluta em pagar o piso dos professores, em nosso Município já se paga este piso há anos, o piso segundo o aprovado pelo Plano Nacional da Educação (PNE) é de R$ 1.187,00. Hoje, o prefeito Luís Viana sancionou a Lei Municipal nº 230/2011 que concede aumento retroativo a maio para todos os servidores da prefeitura, sendo que a categoria dos professores acumula somente este ano de 2011, um reajuste de 12,47%, o piso para os professores de nível médio hoje no Município é de R$ 1.266,26. Com o aumento dado em Janeiro e agora em Agosto, Guaramiranga é o Munícipio do Ceará que maior reajuste deu a seus professores este ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário